CAMP DE NATAÇÃO

À procura de um campo de natação de águas amenas? Providenciamos tudo o que é necessário para treinos perfeitos numa das melhores ilhas do mundo!

As equipas irão usar as excelentes instalações do Complexo das Piscinas Olímpicas do Funchal. O complexo desportivo tem 4 piscinas: uma piscina olímpica de 50m. com 10 pistas, uma piscina separada de 25m., uma piscina de saltos pra a água e uma quarta piscina para aprendizagem de natação.

As instalações estão situadas a aproximadamente 5 – 10 minutos de carro da área dos hotéis, mas disponibilizamos transporte de e para o complexo olímpico. Podemos oferecer uma variedade de hotéis desde 3* a 5*. Por favor, contacte-nos para mais detalhes!

PACOTES E PREÇOS

Qualquer pacote pode ser personalizado de acordo com os seus requisitos.

*Oferta válida para um pedido mínimo de duas pessoas.

Breve história da natação na Madeira

O registo mais antigo sobre a natação remonta a pinturas rupestres com mais de 7 mil anos, no entanto a natação como desporto começou em Inglaterra em meados do século XIX. O desporto foi integrado nos Jogos Olímpicos pela primeira vez em 1896 (só para homens) e em 1912 concretizou-se a primeira participação feminina.

Em Portugal, a natação desportiva iniciou-se em 1902 com a criação da primeira escola de natação na Trafaria pelo Real Ginásio Clube Português. A 14 de Outubro de 1906 foi realizado o primeiro Campeonato de Portugal gerido por esta identidade.

Na Madeira, surgiu em 1922 a Liga Madeirense dos Desportos Náuticos que foi responsável pela organização de várias provas desportivas: polo aquático, corrida de 500m, corrida de 200m bruços, corrida de 100m, corrida de 50m e ainda mergulho de resistência e mergulho de altura. A liga durou apenas até 1928.

Em 1941 foi fundada a associação de Natação do Funchal. Nesta década, de destacar o Clube Desportivo Nacional que viu dois dos seus atletas (Vasco de Abreu e José da Silva “Saca”) a conquistarem os títulos de Campeão Nacional e de Recordista Absoluto de Portugal. Nesta altura, o mergulho tornou-se popular nas piscinas do Lido assim como as edições do “24 horas a nadar” e do “12 horas a nadar” nas piscinas dos Lido e da Quinta Magnólia.

A primeira grande prova de natação na Madeira aconteceu na década de 80. Uma prova integrada no Campeonato nacional de Masters que se realizou no antigo complexo da Matur (única piscina Olímpica na região na altura).

Associação de Natação da Madeira

Só em 1992 é que foi criada a Associação de Natação da Madeira (ANM) e esta apenas assumiu oficialmente a responsabilidade de gestão da natação regional em 2003. Até 2003 a modalidade era supervisionada pela Associação de Desportos da Madeira. Com a criação da ANM temos assistido a um grande desenvolvimento da natação na região.

Em 2015, a Madeira voltou a acolher um evento de impacto nacional: o Open Internacional de Inverno de Masters no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal. Trazer um Campeonato Nacional de Masters à Madeira não foi fácil e foi apenas possível graças à sua infraestrutura de qualidade.

“Houve uma grande resistência das outras associações que não queriam vir cá competir, mas não tenho dúvidas que o nosso complexo é um dos melhores do país.” Avelino Silva (presidente da ANM)

O evento contou com a presença de 355 atletas provenientes de 48 clubes entre os quais atletas ucranianos, italianos, finlandeses e israelitas.

Em 2016 a Madeira organizou pela primeira vez um Campeonato da Europa de Natação Adaptada que contou com a presença de 550 atletas provenientes de 53 países, um marco histórico no desporto regional e nacional (uma vez que esta foi a primeira vez que o país recebeu um evento do Swimming International Paralympic Committee).

Atualidade e futuro da natação na Madeira

Este ano (2018) a Madeira acolheu o Campeonato Nacional de Juvenis, Juniores e Seniores que contou com 629 nadadores a competir pelos títulos nacionais individuais no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal e onde foram batidos vários recordes nacionais. O evento contou com a presença dos nadadores olímpicos como Alexis Santos, Victoria Kaminskaya e Vânia Neves. Um marco importante na natação regional que foi seguido pelo Meeting de Natação da Madeira.

A Madeira conta com vários clubes (Clube Desportivo de São Roque, Clube Naval do Funchal, Clube Desportivo Nacional, Clube Sport Marítimo, Ludens Clube Machico, entre outros) que têm participado ativamente em competições nacionais e internacionais trazendo uma visibilidade cada vez maior para a natação na Madeira.

O futuro da natação na Madeira parece promissor, quer seja pelo número crescente de atletas e clubes quer pelo crescente número de eventos realizados na região. A ANM entregou recentemente uma candidatura para a região receber o Campeonato do Mundo de Natação. Está também pendente a aprovação de uma candidatura para receber o Campeonato Nacional de Absolutos em 2019.

“O caminho está lançado para que no futuro se consiga trazer eventos de ainda maior dimensão.” Avelino Silva

Nadadores madeirenses

A Madeira possui condições propícias à prática da natação. As temperaturas amenas e o convívio da população com o mar, típico de uma ilha leva muitos atletas à prática desta modalidade quer a nível federado quer a nível amador.

O mais conhecido nadador madeirense é o José da Silva mais conhecido pelo “Saca”. Campeão nacional pelo Clube Desportivo Nacional em 1947 e detentor de vários recordes é um dos nadadores madeirense mais conhecidos pois marcou uma geração. No entanto não é o único.

Entre os madeirenses que obtiveram destaque na natação temos Paulo Camacho (recordista dos 100 metros mariposa e atleta olímpico em Seul), Luís Pinto (vice-campeão do mundo em 2015) e Emanuel Gonçalves (campeão nacional de mariposa em natação adaptada em 2017). É também cada vez mais frequente a presença de atletas madeirenses nos pódios nacionais das camadas mais jovens sendo João Castro (campeão nacional de juniores em 2016 e 2017) o atleta de maior destaque.

Infraestruturas

São várias as piscinas disponíveis para os atletas na região: piscina do Lido, piscina do Complexo Desportivo da Nazaré, piscina da Escola de Levada, piscina Jaime Moniz, entre outras. No entanto apenas uma piscina na região possui as características necessárias para a realização de eventos oficiais: o Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal.

Inaugurado em 2004, este complexo localiza-se nos Alámos, a 5m do centro do Funchal. O complexo possui quatro piscinas: uma piscina olímpica de 50 metros com 10 pistas, uma piscina de 25 metros, uma piscina de saltos e outra piscina para aprendizagem.

O complexo está dividido em 2 áreas: a zona A é composta pela piscina olímpica e pela piscina de saltos com as suas respectivas zonas técnicas, balneários, bar, bancadas e acessos ocupando uma área de 3 960m2 e a zona B é composta pela piscina de treinos e a piscina infantil com as respectivas instalações de apoio (zonas técnicas, balneários, bar, bancadas e devidos acessos) ocupando uma área de 3 815m2.

ENVIAR PEDIDO

Para calcular o custo dos treinos, por favor especifique o pack escolhido, o número de atletas, treinadores, acompanhantes, datas preferenciais e duração da estadia e inclua os seus pedidos especiais e/ou questões.

Envie um email…

9 + 2 =

Ou uma mensagem rápida…